Corte e Dobra, Dicas de Construção

Cortes de chapa: quais as diferenças dos tipos

Cortes de chapa é um procedimento realizado para separar chapas de aço, de forma precisa e sob medida. O corte pode ser realizado em chapas de diferentes espessuras e tamanhos. Elas podem ser utilizadas na construção civil, para a fabricação de tubos e telhas de aço, por exemplo. Além disso, servem como revestimentos para passarelas, escadas e até mesmo dobrá-los e cortá-los para formar perfis, como as cantoneiras.

A principal referência antes de definir o tipo de corte a executar, é verificar o limite de tolerância do projeto e material demandado, em compatibilidade com o equipamento que irá realizar o serviço.

Conheça neste texto, as diferenças entre os principais tipos de cortes de chapa.

Conheça os tipos de cortes de chapa

Os cortes de chapa normalmente são feitos em aço dos mais variados tipos, tais como o inox e o carbono. Contudo, pode ser feito também em alumínio. Sendo assim, existem métodos de corte que são mais indicados de acordo com o perfil do aço. Saiba quais são alguns tipos de corte.

Corte de chapa a laser

O equipamento que realiza esse tipo de corte tem um mecanismo que concentra feixes de luz altamente focalizados. Eles compõem uma espécie de lâmina, que é o que realiza os cortes no aço. É indicado para chapas mais finas (entre 0,5 mm e 10 mm de espessura) e de tipos de aço menos rígidos. Para quem procura custo-benefício, essa é a melhor opção.

Corte de chapa plasma

Essa técnica pode ser utilizada em qualquer material que conduza eletricidade. Dessa maneira, é uma alternativa para o corte de chapas de metais ferrosos e não ferrosos. É mais indicado para materiais que não podem ser cortados por oxicorte como o alumínio e o cobre. Elas podem cortar metais com até 160 mm de espessura dependendo da tecnologia da máquina. Por isso, possuem alta produtividade. Entretanto, o custo-benefício é mais interessante para chapas com espessura entre 10 mm e 25 mm.

Oxicorte

Esse método para o corte de chapa utiliza um jato de oxigênio puro, que é lançado na área a ser cortada. Isso promove uma formação de óxidos líquidos de metal, que se trata de uma reação exotérmica potente, cuja produção de calor é suficiente para romper o aço. Contudo, essa alternativa só é interessante para os casos em que não houver necessidade de um acabamento refinado. É indicado para chapas médias e grossas.

Corte de chapa por jato d’água

Essa alternativa é capaz de fazer cortes versáteis e permite cortar ou perfurar chapas de aço com até 300 mm de espessura. É indicado para chapas com espessura mediana, sendo extremamente eficiente por não causar nenhum tipo de desgaste ou manchas no material a ser cortado.

Seu funcionamento consiste na geração de pressão de água, que é convertida a uma velocidade correspondente a quatro vezes a velocidade do som. Materiais abrasivos, como o coríndon e a sílica compõem a mistura do corte por jato d’água.

Cuidados necessários com o serviço de corte de chapa

Antes de tudo, é fundamental escolher o tipo de corte de chapa certo para cada aço e de acordo com a sua espessura. Uma boa escolha faz com que não ocorram problemas durante o processo, além de minimizar as chances de erros e evitar prejuízos.

O serviço de corte de chapa é muito complexo e exige técnica. Por isso, é importante que o operador esteja utilizando os Equipamentos de Proteção Individual e que o procedimento seja executado por uma empresa que seja referência no mercado.

Se você está precisando desse tipo de serviço, visite o nosso site e saiba quais são os procedimentos feitos pela nossa equipe. Nos siga nas redes sociais para acompanhar ofertas e outros conteúdos!

Voltar para a lista

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.