Aço

Laminados a frio e a quente: diferenças e vantagens

laminados-a-frio-e-a-quente-casa-do-serralheiro

Os laminados a frio e a quente são processos muito populares de preparação do aço. A indústria de tubos, por exemplo, usa amplamente. A chapa de aço costuma apresentar outros elementos adicionados para prepará-la para processamento e uso industrial. Ela faz isso através do laminado.

A laminação é um processo de modelagem de metal industrial em que um material metálico é inserido entre um ou mais pares de rolos para reduzir sua espessura e torná-lo mais uniforme. É um processo semelhante ao de passar um rolo sobre a massa de uma pizza.

O principal objetivo dos laminados a frio e a quente é potencializar as propriedades mecânicas, tais como resistência à tração, limite elástico e alongamento do material.

O laminado é classificado de acordo com a temperatura do material laminado, podendo ser quente ou frio. Para te ajudar, preparamos algumas dicas para você conhecer as principais diferenças e vantagens do laminados a frio e a quente. Vem com a gente!

O que é laminação a quente?

O aço laminado a quente é o aço laminado que passou pelo processo de conformação a uma temperatura acima de 926 graus para evitar a recristalização. O aço que está acima dessa temperatura pode ser moldado com muito mais facilidade do que o aço mais frio. Além disso, pode ser feito de lingotes de materiais em tamanhos muito maiores. 

Também é mais barato de fabricar do que o aço laminado a frio. Geralmente é feito sem pausas ou atrasos no processo, de modo que o aço não precisa ser reaquecido. Assim, durante o processo de resfriamento, o aço laminado a quente encolhe, tornando seu tamanho e formato final menos previsíveis do que o aço laminado a frio.

A laminação a quente permite uma grande variedade de formas e peças. Além disso, pode ser utilizada para fabricar peças grandes sem a preocupação com a integridade do material. É por isso que o aço laminado a quente é tão usado em projetos estruturais.

O que é laminação a frio?

O aço laminado a frio passa por um processo de conformação à temperatura ambiente, permitindo sua recristalização. 

Como o aço é fabricado a uma temperatura muito mais baixa, não há necessidade de se preocupar com a mudança de volume e formato do material. Ao contrário do caso do aço laminado a quente, adequado para usos onde formatos precisos não são necessários. 

Diante disso, esta é a uma das principais diferenças entre laminados a frio e a quente e principal razão pela qual a laminação a frio é geralmente mais cara do que a laminação a quente.

A laminação a frio aumenta a resistência e a dureza do aço e diminui sua ductilidade (ou seja, sua capacidade de se deformar plasticamente de forma sustentável sem quebrar).

Portanto, é necessário submetê-lo a um processo denominado recozimento. É por isso que a laminação a frio é basicamente uma laminação a quente que passou por um processo de modelagem adicional.

Diferenças entre laminados a frio e a quente

Muitos se perguntam sobre as diferenças dessas chapas de aço. Para te ajudar nessa dúvida, veja a seguir quais são as principais diferenças entre os laminados a frio e a quente. 

Propriedades mecânicas

As propriedades mecânicas do aço geralmente dependem de seu grau ou composição química. Por esse motivo, nunca é seguro fazer suposições sobre as propriedades mecânicas de laminados a quente versus laminados a frio, a menos que seu grau ou composição química seja o mesmo.

Aparência

Uma peça de aço laminada a quente tem uma superfície áspera, sem sensação de gordura e com bordas arredondadas. Em contrapartida, uma peça de aço laminado a frio tem uma superfície lisa, toque oleoso e bordas afiadas.

Vantagem

O aço laminado a quente, com maior tolerância, permite maior conformabilidade, enquanto o aço laminado a frio é limitado a alguns formatos, como plano, quadrado e redondo. O aço laminado a quente é usado principalmente em:

  • Edifícios de metal.
  • Trilhos de trem.
  • Prateleiras e outras peças de veículos pesados.
  • Aquecedores de água.
  • Âncoras.
  • Aros.
  • Estruturas de construção.
  • E outros usos que não requerem formas precisas.

O aço laminado a frio é comumente usado para peças que requerem conformação a frio, como crimpagem, estampagem ou dobra. Alguns exemplos são:

  • Peças de máquinas (parafusos, pinhões, engrenagens etc.)
  • Móveis de metal.
  • Armários.
  • Mesas.
  • Tubos de escape.
  • Cadeiras.
  • Eletrodomésticos.
  • Aquecedores de água.
  • Prateleiras e outros produtos semelhantes.

Preço dos laminados a frio e a quente

Por ser mais uma etapa no processo de laminação, aprimorando suas propriedades mecânicas e permitindo maior controle sobre o resultado final, a laminação a frio costuma ser mais cara do que a laminação a quente.

Conclusão sobre os laminados a frio e a quente

A decisão sobre os aços laminados a frio ou quente depende de como você planeja usá-lo. Diante disso, o resultado final que você está procurando determinará o tipo de laminado necessário.

Se o produto a ser fabricado é grande e requer a capacidade de formar diferentes formatos, será necessário aço laminado a quente para sua fabricação. Por outro lado, se você for fazer um produto pequeno que precise de uma tolerância menor e de uma vida útil mais longa, provavelmente precisará de aço laminado a frio. 

Em caso de dúvida, o melhor é entrar em contato com especialistas para saber que tipo de material utilizar, e assim conseguir os melhores resultados com o melhor preço possível. 

E por fim, se você ainda não conhece o nosso site, aproveite para conferir as novidades na maior loja de aço do Brasil.

Na Casa do Serralheiro nós temos todos os tipos de aço para o seu projeto!

Siga nossas redes sociais! Lá temos promoções exclusivas e o entrega mais rápida da região.

Conheça nosso blog para mais dicas e compre online no nosso shop, temos atendimento virtual!

 

Voltar para a lista

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.