Aço, Corte e Dobra

Tipos de vigas de aço: quais são e como utilizar

Vigas de aço são estruturas metálicas indispensáveis em uma construção, uma vez que servem para sustentar, equilibrar e distribuir o peso das edificações. Para quem trabalha com esse material ou até mesmo quem pretende fazer algum tipo de obra, é fundamental conhecer os tipos de vigas de aço.

Veja quais são as variações das vigas de aço e como utilizá-las de acordo com o tipo de obra que irá realizar.

Conheça os tipos de vigas de aço

No mercado você vai encontrar vigas de vários perfis, representadas por letras. Com isso, vamos apresentar as características e vantagens das vigas I, U, W, H e L. A utilização de cada tipo de viga é determinada pela obra que será executada. Conheça cada uma!

Viga I

As vigas em formato I são próprias para obras de construção civil, em indústrias metalúrgicas, na construção de grades e portões, esquadrias, corrimão de escadas, construção de chassi de ônibus e caminhões, além de serem indicadas para trabalhos em serralherias. 

Esse tipo de viga possui uma forma geométrica que influencia na capacidade de sustentar grandes cargas. Por isso, a parte superior horizontal do I é chamada de flange para força. Com isso, as vigas suportam estruturas de edifícios, pontes e viadutos.

Geralmente, as vigas em I são usadas em construções de lajes e coberturas. Inclusive, as vigas usadas em lajes dispensam a necessidade de várias colunas, o que reduz o custo do projeto. Isso acontece porque a viga em I é resistente e reduz o peso das estruturas. 

Também são encontradas esse tipo de viga na construção de grandes galpões, shoppings centers e mezaninos.

Algumas das vantagens das vigas em I são:

  • Facilidade na montagem e aplicação;
  • Mais possibilidades na hora da instalação;
  • São resistentes, leves e tem maior durabilidade;
  • Podem ser usadas em instalações hidráulicas e elétricas.

Viga U

É importante saber que a viga em U é produzida de acordo com a norma brasileira NBR 7007 e com normas internacionais, entre elas a ASTM A-36. Com isso, percebe-se a importância de obter esse material em lojas confiáveis para dar a segurança necessária ao seu projeto.

A viga na forma de U é usada em aplicações que precisam de maior robustez, tais como monovias, escoramento, estrutura de sustentação, equipamentos de transporte, implementos agrícolas, vigamentos, entre outras. 

Devido a sua composição química, as vigas proporcionam uma boa soldabilidade aliada a uma ótima resistência mecânica. Além disso, as peças se encaixam com perfeição nos locais onde devem ser colocadas, facilitando o seu armazenamento.

Algumas das vantagens das vigas em U:

  • Resistência mecânica;
  • Excelente soldabilidade;
  • Redução de peso das estruturas;
  • Facilidade de encaixe e armazenamento.

Viga W

As vigas no formato de W são usadas para dar suporte de estruturas como pontes, colunas, torres de energia, painéis, placas de sinalização, galpões, entre outras. Elas possuem mais resistência e solidez em sua composição.

Esse é um material que é fabricado para suportar variações climáticas, oxidações e outras condições adversas. Com isso, não perdem eficiência e nem sua funcionalidade. Podem ser soldadas sem risco de sofrer danificações. 

Dependendo do seu projeto, as vigas nesse formato podem ser feitas em dimensões personalizadas, atendendo às necessidades do que será feito. Tomando todos os cuidados necessários, com a manutenção e operacionalização, as vigas em W tem uma vida útil extensa. 

Os perfis na forma W são produzidos em uma ampla variedade de bitolas entre 150 mm a 610 mm (6 a 24 polegadas), de acordo com a norma ASTM A6/A6M. A grande variedade de bitolas facilita os cálculos e diminui a incidência de erros dimensionais durante a montagem da estrutura.

Vantagens das vigas em W:

  • Mais eficiência e funcionalidade;
  • Resistentes a variações climáticas;
  • Mais leves que outras formas tradicionais;
  • Baixo custo e instalação simples e rápida;
  • Precisão na concordância entre a alma e as abas;
  • Confeccionadas em diferentes tamanhos e medidas;
  • Uniformidade da composição química e das propriedades mecânicas.

Viga H

As vigas em H são fabricadas em aço carbono e geralmente são aplicadas em estruturas metálicas. As bitolas desse tipo de viga são feitas com medidas estruturadas para atender aos mais variados projetos. Por isso, o perfil H tem maior versatilidade. 

Em casos de reformas e ampliações, as vigas em H facilitam o trabalho, reduzindo os custos das fundações. 

Vantagens das vigas em H:

  • Redução do desperdício;
  • Acabamento da produção plano;
  • Agilidade no processo de construção;
  • Facilidade no alinhamento e junção das peças;
  • Estrutura com esse tipo de viga fica mais leve.

Viga L

As vigas em L são encontradas em estruturas metálicas, torres de transmissão de energia elétrica e de telecomunicações, esquadrias, máquinas e implementos agrícolas, em serralherias e na indústria mecânica em geral.

Elas possuem seção transversal em forma de ângulo reto, com abas iguais, com bitolas em polegadas e em milímetros, que proporcionam melhor ajuste e adaptabilidade aos projetos. 

Vantagens da viga em formato L:

  • Maior resistência;
  • Fácil manuseio e leveza;
  • Versatilidade na utilização;
  • Podem ser produzidas em chapas de diversas espessuras.

Esses foram os tipos de vigas de aço, com suas características e vantagens. Agora ficou mais fácil para você decidir qual a mais adequada ao seu projeto

Na Casa do Serralheiro nós temos tudo para o seu projeto! Siga as nossas redes sociais para acompanhar ofertas exclusivas. 

Você também pode comprar online no nosso shop, temos atendimento virtual. 

Voltar para a lista

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.